O que acontece quando atira para cima

Muitos com esta dúvida já fizeram esta pergunta sobre o que acontece quando atira para cima a bala. Atirar para o alto é algo muito comum de celebrar eventos importantes em diversos países do mundo, porém, isso pode ser perigoso!

Para entendermos isso, temos que saber primeiramente que tudo o que sobe vai descer depois de um certo tempo!

O que acontece com a bala quando é atirada para cima?

A bala atirada para cima tem pela lei da gravidade uma consequente trajetória de retorno. Ela chega no solo em média com aproximadamente um terço da velocidade com que foi disparada anteriormente ao evento de queda. Se é um tiro de fuzil por exemplo, ainda que o projétil pese apenas 10 gramas, quando ele voltar ao chão o seu impacto pode chegar ao de impressionante 1 tonelada! É mais que suficiente para danificar algo ou machucar alguém.

A bala de um tiro dado para cima pode acertar alguém?

Um revólver calibre 38 é capaz de disparar balas a uma velocidade média de mil quilômetros por hora. Em um ângulo de 90 graus, o projétil sobe 500 metros e retorna ao chão a 400 quilômetros por hora. É o bastante para atingir bem forte alguma coisa na terra.

Um fato interessante é: A probabilidade deste projétil voltar ao atirador é praticamente zero, mesmo uma pessoa disparando exatamente a 90 graus, o que é difícil, a atmosfera vai desviar a trajetória do projétil, podendo este chegar a centenas de metros de diferença. Saber o que acontece quando atira para cima já é o suficiente para ficar tranquilo!

O que acontece quando atira para cima
Disparando para cima

Saiba mais sobre o que acontece quando atira para cima

– Se o cano está mais vertical, a bala vai voltar para o solo muito mais lentamente. Mas se estiver mais inclinado, a bala se comporta mais como um tiro normal, mantendo mais velocidade até cair.

– Um relatório produzido nos Estados Unidos sugere que uma bala viajando a 61m/s (220 km/h) poderia penetrar um crânio humano e “causar uma lesão séria ou até a morte”.

– De acordo com um estudo de 1962, uma bala de calibre .30 pode atingir velocidades finais de 91 metros por segunda (perto de 330 km/h) conforme vai caindo.

– Entre 1985 e 1992, um hospital em Los Angeles tratou 118 pessoas atingidas por tiros acidentais, 38 delas morreram por isso.

– Relatórios de Porto Rico, onde celebrações com tiros para o alto são muito populares, indicam que, em média, duas pessoas morrem e 25 ficam feridas a cada noite de réveillon.
– Comemorações com tiros no Kuwait depois do fim da Guerra do Golfo em 1991 causaram 20 mortes.

– Acidentes como esses levaram à proibição ou à campanhas contra os tiros para o alto em países como Sérvia, Macedônia, Jordânia e em vários lugares nos Estados Unidos. Isso é a consequência sobre o que acontece quando atira para cima!